Deveria ser fácil, mas estamos na China

Um dos maiores incômodos na vida de um expatriado é a dificuldade do simples. Comprar um determinado produto no mercado, às vezes, tornar-se missão impossível. Encontrar um serviço ou lugar é como tentar encontrar a cidade da Babilônia. Esclarecer uma dúvida simples ou compreender uma orientação em um lugar público é como estar na Torre de Babel quando a confusão das línguas aconteceu. 

Eu moro no mesmo apartamento há cinco anos, é um complexo grande de prédios com mais de 18 blocos no centro da cidade. É tão grande que comporta três lojas de conveniência, um cabeleireiro, um restaurante, um jardim de infância, uma quadra de tênis, duas quadras de badminton e uma piscina. O condomínio tem uma equipe de funcionários para a manutenção da limpeza, de reparos no encanamento e parte elétrica do condomínio e de alguns apartamentos, do paisagismo, dos entradas e do estacionamento, tem um entregador de água (desses galões de 20 litros) só para a comunidade entre outros serviços que provavelmente eu desconheço. É tudo bem organizado e limpo. 

Quanto as despesas relacionadas a casa, a luz é medida individualmente para cada apartamento, não chega a conta de luz na sua casa, é tudo resolvido online. Você pode deixar um valor depositado e ir deduzindo ao longo do ano ou pagar no início do mês, mas a água é paga pelo condomínio e cada apartamento tem o relógio que é administrado pelo mesmo. Meu apartamento tem dois relógios de água (não me perguntem o porquê). Como eu disse no início, há informações que deveriam ser fáceis de ser esclarecidas, mas por aqui não é bem assim. Logo após o primeiro ano novo chinês morando aqui, quando eu fui pagar o condomínio como eu faço todos os meses, fui questionada sobre a conta de água. Lógico que a conversa foi muito mais complexa e foi intermediada pelo tradutor do celular. A conclusão foi que eu deveria tirar uma foto do mostrador dos relógios e trazer para eles no mês seguinte, quando eu fosse efetuar o pagamento da próxima taxa de condomínio.

Relógio de água impossível de ler os números

Um mês se passou e quando eu fui tirar a foto percebi que em um dos relógios era impossível de ler os números. Ele estava embaçado e como se fosse enferrujado, mesmo que não tivesse metal na parte do mostrador do relógio. Levei a foto para eles verem porque eu não sabia o que fazer. No Brasil, eu me lembro da minha mãe dizendo que não podia mexer no relógio porque a companhia de água poderia dizer que você estava alterando os números e se beneficiando com isso.

A única resposta que a atendente me deu foi: “Eu não consigo ler os números”. Parecia um pouco óbvio, mas eu sugeri que alguém fosse a minha casa para checar. Ela disse que iria pedir para alguém verificar pessoalmente, ou pelo menos foi o que eu entendi. 

O mês passou, tinha chegado a hora de pagar a manutenção novamente e ninguém tinha aparecido na minha casa. Mais um vez ela me cobrou pelos números para cobrar pela água e eu mostrei a foto e repeti que alguém tinha que ir na minha casa. Mais um mês se passou e ninguém apareceu, mas eles também não perguntaram nada na minha próxima visita.

Eu não tinha certeza o que eu deveria fazer. Como eu já disse, o que deveria ser uma simples pergunta se tornou um mistério. Eu simplesmente me contentei em guardar dinheiro porque eu sabia que uma hora a conta iria vir.

Três anos se passaram e eu já tinha até esquecido que as pessoas pagam pelo consumo de água quando alguém bateu a minha porta. Finalmente alguém tinha vindo para verificar os relógios. O rapaz anotou os números do primeiro relógio sem problemas, o segundo ele disse que não conseguia ver, mas na China existe uma cultura de não resolver problemas e evitá-los ao máximo possível. Ele decifrou alguns números, repetiu em voz alta para saber se eu concordava e eu me contentei em dizer “好!” (okay!).

No mês seguinte, quando foi pagar o condomínio eu sabia que a tão esperada conta estaria a minha espera. Eu não vou dizer que eu estava aguardando ansiosamente por aquele momento, mas me sentia feliz por resolver, mesmo que temporariamente a situação. Entre 2018 a 2021 a minha conta de água teve um total de 1.803,00RMB (hoje R$ 1.333,13), considerando que foram 36 meses eu achei que estava no lucro.

Depois disso voltaram no meu apartamento no final do ano e a mesma cena se repetiu, eles não conseguiram enxergar o número, se contentar em adivinhar um e iam embora se dando por satisfeitos. Sete meses depois eu paguei 342,00RMB (R$252,87). Parecia que tudo estava normalizado e que eu não teria que guardar dinheiro para mais uma conta astronômica.

Esse ano, quando eles vieram, a mesma situação, mas quando eu fui pagar a água o valor foi muito alto, mais de 800,00RMB por um período de apenas 4 meses. Nem eu nem a atendente ficamos satisfeitas, ela disse que mandaria alguém para verificar mais uma vez.

Na mesma semana outra pessoa veio, tirou fotos, disse que não conseguia ver e que chamaria um outra pessoa. Duas semanas até que outra pessoa viesse, ele olhou e disse que o relógio estava quebrado, mas ele não sabia se era responsabilidade minha ou do condomínio em trocar e que ele voltaria com a resposta mais tarde, só que ele não voltou.

Quando eu fui pagar o condomínio a atendente perguntou se eu tinha comprado o relógio e eu disse que não sabia que eu tinha que comprar. É importante ressaltar que todas as interações foram em chinês, portanto é impossível ter certeza se eu entendi corretamente. Acredito que eu estava com sorte naquele dia, quase todos que vieram na minha casa para ver o mostrador de água estavam lá naquele momento e eles foram super solícitos tentando explicar que eu deveria comprar um relógio novo e que havia um lugar onde eu poderia comprar não muito longe daqui. 

Claro, que deveria ser fácil, entrar na loja, apontar para o que eu queria, pagar e ir embora. No entanto, se você já foi em uma loja que vende material de construção, e eu não estou falando da Leroy Merlin, sabe o quão difícil é encontrar qualquer coisa sem ajuda. O lugar que eles me indicaram é na verdade um complexo com várias lojas, que vendem diferente produtos e eu não tinha a menor ideia em qual loja estaria.

Foi sugerido que um deles fosse comprar, eu não tinha noção de quanto custava e por mais que eu tentasse usar o meu tradutor eu não consegui fazer com que eles entendessem que eu só queria ter uma ideia do preço, mas ao final acabei tendo que acompanhar o rapaz que foi comprar. O lugar era realmente próximo, mas mesmo ele não tinha certeza da loja que ele tinha que ir, mas depois de uma ligação ele parecia ter certeza de onde iríamos encontrar a peça. 

Na loja, eu mal tive que dizer qualquer coisa, a única pergunta que eu tive que responder era há quanto tempo eu estava na China e a forma de pagamento. Peguei o meu recibo, voltamos para o condomínio, a pessoa que foi comigo foi buscar as ferramentas que ele precisava e ele veio comigo para o meu apartamento para trocar o relógio. 

O serviço deve ter demorado 20 minutos, ele trocou o que precisava, cobrou 30RMB pelo serviço e levou o relógio dizendo que iria levar para que eles conseguissem verificar os números, por mais que tinha sido dito que o mostrador tinha parado de funcionar completamente. 

Relógio de água novo.

A melhor parte dessa disso tudo, não é o fato de ter demorado mais de três anos para trocar um relógio que claramente estava quebrado e que poderia ter sido trocado em 20 minutos. Ou o fato que eu ainda não sei quanto será a minha conta de água pelos últimos cinco meses porque eu só vou voltar lá no começo do mês que vem e o condomínio sabe disso. Nem mesmo o fato de que durante os três anos que eu não paguei a fatura de água, ninguém falou nada, não houve reclamações, não ameaçaram interromper o serviço. Para mim a melhor parte da história é que se eu estivesse morando em um país em que eu entendesse a língua ou se a China não tivesse por hábito adiar o máximo possível para resolver uma situação simples, eu não teria essa história inusitada para contar.

Published by Tassia Kespers

Escritora, professora, tradutora, revisora, mãe e exploradora nas horas vagas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: