Deveria ser fácil, mas estamos na China

Um dos maiores incômodos na vida de um expatriado é a dificuldade do simples. Comprar um determinado produto no mercado, às vezes, tornar-se missão impossível. Encontrar um serviço ou lugar é como tentar encontrar a cidade da Babilônia. Esclarecer uma dúvida simples ou compreender uma orientação em um lugar público é como estar na TorreContinue reading “Deveria ser fácil, mas estamos na China”

Atentado à felicidade / Happiness attempt

Liberdade ao sentir,pela primeira vez permitirque o coração pulse destemido. Não mais me preocupar,sem tempo para questionaro que não faz mais sentido. Sorrir, amar e repetir,viver, colher e conseguir,meus sonhos diante dos olhos A esperança em reimaginar,mais uma vez reinventar,felicidade estampada em fotos. Freedom to feel,for the first time, to allowthe heart to beat fearlessly.Continue reading “Atentado à felicidade / Happiness attempt”

Parte 2 – Hong Kong em boa companhia

Ao contrário das 36 horas da primeira vez que eu fui a Hong Kong, 5 anos depois eu tive a oportunidade de passar 5 dias e com a melhor companhia que eu podia pedir, meu filho. O caminho foi semelhante, avião até Shenzhen, dessa vez a gente pegou um ônibus que ia do aeroporto. OContinue reading “Parte 2 – Hong Kong em boa companhia”

Parte 1 – Hong Kong em 36 horas

Eu comecei a escrever esse texto porque me incomoda o fato de estar na China e não poder explorar o país e levar o André para conhecer novos lugares por conta desse vírus. Há mais de dois anos nos limitamos a cidades próximas ou dentro da província, o medo de sair e acabar tendo queContinue reading “Parte 1 – Hong Kong em 36 horas”

A China, o ano novo e um certo vírus

Feliz Ano Novo! Sim, você leu bem, Feliz Ano Novo. Apesar da China seguir o calendário gregoriano no dia a dia, suas celebrações mais tradicionais seguem o calendário lunar, portanto os 354 dias do ano 4719 terminam no dia 31 de janeiro de 2021.  Eu me lembro da minha ansiedade e decepção ao passar asContinue reading “A China, o ano novo e um certo vírus”

Taishan – Parte 2

O dia estava espetacular, céu limpo, o sol nos aquecia no topo da montanha, mas estava na hora de voltar. Eu não sei exatamente quanto tempo nós passamos lá, mas deu tempo para descansar um pouco, explorar, comer e tirar fotos. Eu vi que não muito longe das escadaria que nós subimos tinha um teleférico,Continue reading “Taishan – Parte 2”

Taishan – Parte 1

O ano é 2014, faltavam pouco menos de três meses para eu voltar para o Brasil e eu queria aproveitar toda oportunidade que eu tinha para explorar o país, até aquele momento eu não imaginava que voltaria à China tão cedo. Fui convidada a escalar uma montanha com um grupo pequeno de chineses, todos alunosContinue reading “Taishan – Parte 1”

Minha casa, minha vida

A vida de expatriado é muito mais trabalhosa do que o glamour que muitos imaginam. O problema de morar em um país onde a língua não tem qualquer semelhança com qualquer outra que você já aprendeu é que uma atividade simples pode se tornar um verdadeiro tormento. Como eu já disse anteriormente, eu moro naContinue reading “Minha casa, minha vida”

O que eu aprendi na China – parte 2

Bem-vindos de volta as nossas desventuras pela China – se você perdeu a primeira parte segue o link https://wp.me/pdhW2x-5u. Nessas duas semanas entre a parte 1 e 2 eu acabei percebendo outras diferenças culturais, além de ter a ajuda do André questionando alguns eventos dessa última semana, mas eu fiz o possível para encontrar asContinue reading “O que eu aprendi na China – parte 2”

O que eu aprendi na China – Parte 1

Eu já tinha pensado em escrever um pouco do que eu aprendi como expatriada em terras asiáticas, mas acredito que não há oportunidade melhor para isso, considerando a minha celebração pessoal de ter chegado aqui e o aniversário da República Popular da China que comemora 72 anos em 2021 são em Outubro. Eu tentei ilustrarContinue reading “O que eu aprendi na China – Parte 1”