Dois desconhecidos

Subiu os últimos degraus que davam acesso ao terraço de um arranha-céu qualquer. Não havia qualquer razão emocional que o fizesse estar ali, apenas a lógica de ser um dos prédios mais altos da região. O seu objetivo era claro, e Carlos se permitiu rir pela ironia de terminar sua vida da forma mais enfadonhaContinue reading “Dois desconhecidos”

Trinta e Cinco

Eu acredito que nós somos hoje o reflexo do nosso passado, tudo o que aconteceu em nossas vidas e o impacto que esses momentos tiveram. Ao mesmo tempo, a cada ano que passa eu me torno mais consciente dessa influência e isso me permite ter um controle melhor de como as experiências passadas afetam minhaContinue reading “Trinta e Cinco”

Você consegue se ouvir ?

Meu celular está carregando à minha direita. A esquerda, Netflix está continuamente streaming alguma série e meu notebook tem abas abertas além da qual eu escrevo neste momento. Quando foi que perdemos o senso de dedicação por algo e nos deixamos nos afundar nesse oceano de informação e distrações?